Saúde

Arquivo para novembro, 2014

Fisioterapia para Idosos: Necessidade e Realidade


A especialidade da Fisioterapia que atua em indivíduos idosos é a Gerontologia, esta é a ciência que estuda as questões globais do envelhecimento. O objetivo principal do profissional que trabalha nesta área é a promoção da saúde e qualidade de vida, prevenção de doenças, manutenção do estado geral da pessoa idosa e reabilitação de diversas alterações provenientes do envelhecimento ou agravantes com o envelhecimento.

Estima-se que em 2060 a população idosa no Brasil chegue a 26,7% da população total. Uma vez que a realidade do nosso país é o crescente número de idosos, como queremos chegar à esta fase da vida? Saudáveis ou Doentes? Independentes para nossas atividades ou dependentes para boa parte das funções do dia-a-dia? Ou, como queremos que nossos pais e avós se sintam na velhice?

O estímulo às atividades físicas orientadas por especialistas da área é fundamental, tanto para a promoção de saúde, quanto para a reabilitação de alguma doença ou queixa específica. O trabalho do Fisioterapeuta especialista em idosos é um diferencial no mercado, pois ele é preparado para lidar com o idoso de forma integral, considerando todas as alterações fisiológicas que o envelhecimento causa no indivíduo.

A atuação da fisioterapia em idosos é ampla. As principais doenças atendidas e objetivos na fisioterapia são:

Instabilidades posturas
Melhora do equilíbrio
Quedas
Estímulos de memória associados a exercícios
Treino de funções e tarefas do dia-a-dia
Estímulo social e funcional
Doenças neurológicas

Doenças do sistema respiratório
Doenças articulares, como as artroses em geral
Demências
Fortalecimento muscular
Método Pilates para Idosos
Grupos de atividade física
Incontinências urinárias

Fique atento! Se você já está na fase do envelhecimento, Exercite-se! Cuide-se! E tenha o foco sempre no envelhecimento saudável, com muita qualidade de vida! Se você precisa ou conhece algum idoso que necessite de cuidados especializados, não deixe para amanhã. Busque um profissional qualificado para atender às necessidades apresentadas e iniciar um tratamento personalizado.

aaaaaDra Larissa Alamino Pereira de Viveiro
Crefito-3/151919-F
Fisioterapeuta
www.larissaviveiro.com.br

Anúncios

Terapia Manual


Terapia Manual

Na Fisioterapia é comum ouvirmos falar a respeito da terapia manual, técnica muito utilizada nas disfunções músculo-esqueléticas e que traz muitos benefícios para o tratamento do paciente.

fisioterapia1Existem muitas formas de se utilizar este método como: mobilização articular (movimentos oscilatórios graduados na articulação), manipulação articular (movimento rápido de pequena amplitude), facilitação neuromuscular proprioceptiva (estimulação neuromuscular de padrões de movimentos funcionais), massagem terapêutica, entre outras.

Para utilizar qualquer uma dessas técnicas da terapia manual, o fisioterapeuta deve realizar uma avaliação da condição atual do paciente para assim poder escolher o método mais eficaz, no qual exige um posicionamento articular adequado do paciente como também o posicionamento do fisioterapeuta.

MMII2A terapia manual tem como objetivos: afetar as propriedades mecânicas dos tecidos como músculos, fáscias, tendões, nervos, capsulas, reduzindo aderências aumentando a flexibilidade e mobilidade dessas estruturas; estimular informações neurológicas que inibem a transmissão de dor para o Sistema Nervoso Central promovendo analgesia; melhorar a circulação sanguínea e linfática promovendo o relaxamento muscular e redução de edemas.

O fisioterapeuta é o profissional qualificado para aplicar essas técnicas e tirar as dúvidas a respeito de seus benefícios

Carla Pedroso Correia
Fisioterapeuta
Clínica Vitalidade Integrada

Você tem dor no trabalho?


Em diferentes categorias profissionais tem aumentado o número de trabalhadores acometidos por Lesões por Esforços Repetitivos e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/Dort). Os distúrbios mais frequentes são: tendinites, bursites, dor nas costas (lombalgia), dor no pescoço (cervicalgia) e dores musculares.

dor-nas-costasAs principais causas para seu surgimento são: posto de trabalho inadequado,  posturas inadequadas, movimentos repetitivos, esforços por muito tempo, ausência e impossibilidade de pausas espontâneas, além de fatores psicossociais (stress) relacionados ao trabalho.

A melhor forma de ficarmos livres desses transtornos é previnindo. Para isso identifique se seu posto de trabalho está correto ergonomicamente, se sua postura está adequada, se necessário conte com a ajuda de um profissional especializado, mude de posição com frequência e faça intervalos com frequência a cada 1h pelo menos. Além disso, incentive a adoção de programas de prevenção para seu ambiente de trabalho.trabalho lombalgia

Se você apresenta alguns dos sintomas mencionados procure por tratamento, pois os casos de LER/Dort quando diagnosticados e tratados precocemente apresentam ótima chance de melhora, podendo o paciente ser totalmente recuperado. A gravidade do problema está também ligada ao tempo de evolução. Portanto, não perca tempo e cuide  de sua saúde.

Juliane Vieira
Fisioterapeuta
Clínica Vitalidade Integrada