Saúde

Arquivo para dezembro, 2015

Uma Conversa


44ac2394-d9bc-4b3b-a46b-f021d2761223.jpgEm um tempo em que as informações estão bastante disponíveis ao toque de “click” no computador e com a proximidade do final do ano e das Festas, trago neste informativo uma pequena reflexão.
O último mês foi marcado por acontecimentos de grande impacto ao redor do mundo e em nosso país. Acontecimentos totalmente inesperados e que, por alguns instantes, podem até soar como absurdos. Eles nos fragilizam, nos deixam indignados, sem chão. Trazem à tona revolta, nos apontam os erros e descaso com o próximo. Mas, como diante de tanta indiferença, abandono e caos buscar algo que nos una ou que nos mova para uma transformação?
De fato, não é simples enxergar um caminho para a superação e, muito menos, colocar esses ideias em prática. Ouvi em uma palestra nesta semana, o escritor Mia Couto contar sobre seu novo livro; ele dizia que os nossos ideias e buscas se baseiam em sentimentos que enxergamos nos outros e que nos parecem comuns, algo no qual nos espelhamos e que nos completam ou que nos trazem uma forma de como gostaríamos de ser. Contudo, esses sentimentos ainda não são nossos e que ao alcança-los passamos por novos renascimentos!
Renascimentos! No nosso trabalho aqui na Vitalidade Integrada, acredito que os terapeutas passam por isso junto aos seus pacientes todos os dias! Vemos vocês chegarem de uma certa forma e oferecemos o espaço para tentativas e erros e para poder construir novos comportamentos, ideias e desafios! E ao propormos esse trabalho, inevitavelmente, passamos por tais transformações juntos!
Por isso, proponho aos leitores que neste final de ano, coloquemos esses sentimentos na roda e olhemos ao redor; o que desejamos para nós mesmo neste fim de ano? E o quê, dentro de um mundo tão vasto, nos cabe para que esses sentimentos sejam de todos?
Um bom fim de ano à todos,

Lina Cadamuro
Fisioterapeuta da Clínica Vitalidade Integrada

Anúncios

Reeducar para Realinhar


Muitos pacientes têm dúvidas se serão capazes de modificar seus movimentos e posturas inadequadas, uma vez que passaram a maior parte de suas vidas fazendo da mesma forma.
A maioria das lesões músculo-esqueléticas estão associadas a movimentos e posturas inadequadas. Reeducar é o grande desafio do fisioterapeuta.
Aprendizado motor é a aquisição e/ou modificação do movimento, ele resulta da experiência ou prática e produz mudanças relativamente permanentes no comportamento.

Young woman with position defect and ideal bearing

Quando temos uma tarefa para realizarmos, ocorre uma interação entre indivíduo, tarefa e ambiente (onde a tarefa está sendo executada). O aprendizado motor permite que você tenha novas estratégias para realizar essa tarefa.
No entanto, estudos mostram que o aprendizado motor (mudança de comportamento permanente) está diretamente relacionado a quantidade de prática e a realização da mesma em diferentes condições.
A tarefa pode ser segmentada pelo terapeuta, treinada em ambientes diferentes e posteriormente esse aprendizado pode ser transferido para uma nova tarefa.
Portanto, movimentos e posturas inadequadas, se não forem limitados estruturalmente, podem ser modificados com a prática dos exercícios propostos. Para eficácia e otimização desta reeducação é de suma importância a realização dos exercícios prescritos para o domicílio, além dos atendimentos.

Dra. Juliane Vieira- Crefito-3/ 175640-F

Clínica Vitalidade Integrada
Fisioterapeuta

Doença de Parkinson: o que é preciso saber?


Temos acompanhado o progressivo envelhecimento da população brasileira, ou seja, temos vivido cada vez mais. Se por um lado temos tido mais tempo para viver vale o questionamento: como temos vivido esse tempo a mais?
o-poder-do-cerébro
De acordo com a medicina chinesa, excessos na vida como muito trabalho, alimentação ruim e poucas horas de sono, nos sujeitam a uma condição precária de saúde e nos expõe a possibilidade de diversas doenças, inclusive a doença de Parkinson.
Apesar de ser muito frequente entre a população idosa, atingindo cerca de 2% da população acima de 60 anos, a doença de Parkinson também ocorre em pessoas mais novas (conheça o projeto vibrar com Parkinson: www.vibrarcomparkinson.com). Trata-se de uma doença neurológica, que ocorre devido à morte de alguns neurônios, importante na regulação dos movimentos.
É muito importante que a a doença seja detectada no seu início para que seu tratamento seja otimizado. Os primeiros sinais podem ser diferentes do tremor, sintoma mais conhecido da doença. A pessoa com a doença pode apresentar alteração do olfato, alteração da escrita, lentificação de movimentos, rigidez e dificuldade para caminhar e se equilibrar. Fique atento caso algum amigo ou parente apresente qualquer um desses sintomas! Caso haja alguma suspeita, procure um neurologista.
A doença ainda não tem cura, mas o acompanhamento adequado é de extrema importância para retardar o progresso da mesma. Fazer exercícios físicos é de grande importância em qualquer momento da vida, mas para pessoas com a doença é essencial para a manutenção da capacidade física. Diversos estudos mostram que para fases iniciais da doença há grandes benefícios na prática do Tai Chi Chuan, de danças (como o Tango) e atividades aeróbicas.
De acordo com a medicina chinesa, viver a vida com parcimônia e equilíbrio, não acumulando raivas, ressentimentos, cansaço e sedentarismo é uma boa maneira de prevenir não somente a doença de Parkinson, mas diversas outras doenças e envelhecer com saúde e qualidade.
Alessandra Barbosa
Clínica Vitalidade Integrada
Fisioterapeuta

Tensão Pré-Menstrual (TPM)


A TPM são sintomas indesejados que acometem as mulheres no período de 10 a 15 dias antes da menstruação. Os sintomas mais característicos são: prisão de ventre, insônia, depressão, aumento do apetite, fadiga, mudanças de humor, falta de atenção, ansiedade, irritabilidade, desejo por doces, dentre tantos outros. Esse distúrbio atinge cerca de 35% das brasileiras e suas causas ainda não foram totalmente descobertas, mas o desequilíbrio que ocorre entre os hormônios estrogênio e progesterona parece ser o mais relevante no surgimento dos sintomas.

como-acabar-com-a-tpm-23356

Alguns dos nutrientes que ajudam a combater a TPM:
● Cálcio: ajuda a diminuir a retenção hídrica e sensibilidade das mamas – leite, semente de gergelim, iogurte, atum, couve.
● Magnésio: reduz a glicemia e a ansiedade – figo, milho, nozes, mamão, amêndoas, maçã, verduras.
● Vitamina B6: atua na produção de serotonina e de outras substâncias cerebrais ligadas à saciedade, ao bem-estar geral e retenção de líquidos – gérmen de trigo, amendoim, aveia, nozes, batata, banana.
● Ácidos graxos Ômega-3: regulam a produção de substâncias inflamatórias, atuando na diminuição das sensações de dor (cólicas) e sensibilidade maior nos seios – leite, semente de gergelim, iogurte, atum, couve, peixes gordos.
Receita da Hora contra a TPM: Surpresa de abacaxi (suco diurético)
Ingredientes: 2 fatias de abacaxi, ½ copo de água mineral (100ml), 1 col. sopa de farelo de aveia, 1 col. sopa de folhas de espinafre, 1 col. chá de melado de cana, 2 folhas de hortelã para enfeitar. Modo de Fazer: Bater tudo no liquidificador.

Paula Pereira da Silva
Nutricionista, Acupunturista