Saúde

Arquivo para julho, 2016

A experiência de conhecer uma anciã de Joseph Pilates


lolita teaser  Lolita San Miguel tem 81 anos de idade e 57 de prática do Método chamado inicialmente de Contrologia. Hoje, estes exercícios estão largamente difundidos em todo o mundo, mais conhecido simplesmente como Pilates. Eu, no auge dos meus 29 anos e com 5 de Pilates (e acreditando estar em plena forma), imaginei que seria uma experiência enriquecedora. Contudo (não é ideia de contraposição), suei, tremi, me afligi com um possível erro na linha dos dedos dos pés!!!!
Ela chegou sorridente, tranquila. Sentou-se e começou a nos contar sobre as rotinas, o dia-a-dia do que era trabalhar com Joseph Pilates. Imagine?! Saber dos detalhes, de como ele acreditava que deveria ser o posicionamento do punho, por exemplo, suas histórias, como gostava de seu café etc. Num tempo em que a ciência do exercício caminhava ainda lenta e que pouco se sabia sobre conceitos de biomecânica como o Core, ele destrinchava em cada um de seus alunos o potencial de cada movimento! E que lindo! Fazer ciência com as próprias mãos!
Lolita também nos contou que a guerra foi de fundamental importância para o desenvolvimento desta técnica, de como condições adversas e a privação de recursos podem nos mostrar outras formas de enxergar o mundo!
Depois de dois dias intensos, muitos rolamentos, hundreds e teasers acordei completamente dolorida, mas com a sensação de total renovação! Que este legado não se perca e que o espírito de Joe (carinhosamente chamado assim por Lolita) caminhe sempre conosco!

lolita retrato
Lina Cadamuro

Anúncios

Fadiga – Dicas da Dietoterapia Chinesa


 A fadiga é discutida pela Medicina Tradicional Chinesa (MTC) sob o título de “Exaustão” – Xu Lao – e descreve não apenas o sintoma, mas também a sua causa básica, uma deficiência do Qi do corpo. Mas a fadiga também pode ser causada por uma condição de excesso: um resfriado ou uma gripe constituem invasão do corpo por Vento-Frio ou Vento-Calor exteriores.
bad-site  As causas mais frequentes de fadiga são: fraqueza constitucional hereditária (por ex. a saúde e idade dos pais no momento da concepção e condições da gravidez); excesso de trabalho físico ou mental (longas horas de trabalho sem o repouso adequado ou sob condições estressantes e até mesmo excesso de exercício ou atividades esportivas); uma dieta alimentar inadequada e irregular enfraquece diretamente os meridianos do Estômago e Baço-Pâncreas e causa   a fadiga crônica, uma vez que estes meridianos são a origem do Qi e do sangue.
Segundo a Dietoterapia Chinesa, são alimentos do elemento Terra (BP/E): temperos como louro, manjericão, açafrão, hortelã, cravo, cardamomo, canela e alecrim; carboidratos complexos fornecidos por cereais integrais, feijões, tubérculos, raízes, frutas: cebola, abóbora, nabo, beterraba, maxixe, inhame e outros vegetais redondos; uma pequena quantidade de queijos, iogurte ou coalhada; painço; maçã, mamão, laranja-lima e outras frutas mais ou menos amarelas, sempre bem mastigadas ou chupadas, não em suco; refresco de limão e de maracujá; chás de camomila, erva-doce, artemísia, erva-cidreira; café de cevada torrada e moída. Para o tratamento da fadiga podemos aliar uma dieta equilibrada segundo a visão da Dietoterapia Chinesa às técnicas de Acupuntura, Moxabustão e de outras terapias orientais.

Paula Pereira da Silva
Nutricionista
Acupunturista Energética