Saúde

Posts marcados ‘gestacional’

Céu Estrelado: Grupo de Apoio a Perda Gestacional


ceu estrelado    Tive vontade em montar um blog “Grupo Céu Estrelado” depois que vivemos intensos momentos com nossa segunda filha Alice, que nasceu prematura de 26 semanas gestacionais e partiu em 1 semana, nos deixando um vazio, mas ao mesmo tempo nos preencheu com o maior amor que já pudemos sentir. 

  Este grupo é um movimento criado para encontrar significado maior na passagem das crianças que morrem antes do nascimento ou logo após nascer. 

  Vivemos muitas dores e muitas alegrias, de forma tão intensa, neste curto espaço de tempo com ela e vimos com isso, a necessidade em compartilhar e ajudar as mães e pais que também passam por perdas similares, cada um com sua linda história. 

  No momento da perda, o vazio é tão grande que achamos que nunca mais seríamos preenchidos, mas a cada dia vamos nos reerguendo um pouco mais, sentindo e percebendo o que nos foi proposto nesta vida. 

  O nome do movimento veio numa meditação que eu estava fazendo…CÉU ESTRELADO! 

  As estrelas nos guiam e nos trazem direção, nos inspiram no que devemos perceber e para onde devemos ir. O céu traz o local para onde queremos ir. 

  Quando vemos um céu estrelado ele nos traz a noite, a clareza, a pureza, é o momento que temos para nos escutar neste silêncio e sentir a nossa vida. Quando se vive a morte tão proximamente, nos questionamos sobre a vida! 

  O grupo céu estrelado vem com o propósito de reunir você, mãe e pai (e parentes) que vive esse momento e auxiliar a encontrar significado neste novo ciclo que se inicia em sua vida. 

Maria Fernanda Jacob

Se a árvore não é agitada pelo vento, ela não cresce e nem cria raízes. 

A vida humana é marcada por conflitos constantes. Nós não podemos simplesmente vegetar. Devemos enfrentar os ataques que a vida eventualmente nos apresenta. As provações haverão de nos acompanhar até o fim da vida. Colocar-se diante delas é confrontar-se com a verdade. 

Se queres conhecer a Deus, aprende primeiramente a conhecer a ti mesmo! 

Quando tudo me é tirado das mãos e permaneço realmente a sós diante de Deus, então surge a suspeita de que tudo o que eu digo sobre Deus não tem sentido. No entanto, quando sou capaz de suportar tal situação, sem procurar imediatamente refletir sobre isso, é aí que alguma coisa se põe em movimento e é neste momento que a verdade me atinge. Esta verdade pode até ser cruel num primeiro momento, mas é ela que liberta. 

É descendo para dentro da nossa condição terrena, que nós entramos em contato com o céu!” 

Trecho tirado do livro: O céu começa em você de Anselm Grün.

Anúncios